Ciúmes

Home / Artigos / Ciúmes
Ciúmes

Ter ciúmes é bom ou atrapalha os relacionamentos?

Acredito que ciúmes possa sercomo tudo na vida, se tiver pouco faz falta, se tiver demais faz mal.

Um pouquinho de ciúmes pode significar que você valoriza a outra pessoa, que ela é importante na sua vida. Mas ciumes exagerado pode comprometer a salubridade dos relacionamentos.

E como sabemos que o ciúme passou do limite saudável? Quando  começa a provocar prejuízos. Perdas e sofrimento acima do normal devido o ciúmes  ciúmes são indicadores. Por exemplo, uma pessoa pode avaliar a possibilidade de ter entrado no nível de ciúmes patológico quando perde tempo do seu trabalho querendo saber por onde anda, ou o que a outra pessoa está fazendo, iga para monitorar os passos dele, perde o sono por isso, acorda no meio da noite pensando “o que será que o outro está fazendo”,  se exalta e fica nervoso quando não localizou seu marido/namorado, etc.

Indicadores de ciúmes exagerado podem ser observados se a rotina do dia a dia é modificada por conta desse ciúmes, mesmo que não haja provas concretas para tal desconfiança. 
Um ponto que eu considero interessante é que a definição de ciúmes normalmente se refere ao medo da traição mas não considera as situações onde de fato da pessoa realmente está sendo  traída. Ciúmes patológico é quando você sofre com a idéia de estar sendo traído sem ter provas ou indícios dessa traição. Isso significa que alguém pode estar sendo traído de fato, e ainda ter ciúmes patológico se ele não tiver indícios ou provas dessa traição.

ciúmes  normal  é transitório, a pessoa tem uma sensação de ciúmes hoje, mas não fica com a idéia fixa por muito tempo. O ciúmes normal passa e é específico, ou seja, a pessoa sente ciúmes de uma situação específica, e não de tudo o tempo todo. Exemplo: sente ciúmes de uma pessoa, ou de um lugar onde o outro vá, e não de todo e qualquer lugar. O ciúmes normal é baseado em fatos reais. Ou seja, a pessoa tem ciúmes quando acontece alguma coisa concreta, como um telefonema, ou um presente que o outro tenha recebido, mas algo real aconteceu e por isso iniciou o ciúmes. E por fim no ciúmes normal o maior desejo é de preservar o relacionamento. A pessoa quer ficar e quer estar bem com o outro.

Por outro lado o ciúmes patológico ocorre quando as preocupações são infundadas,  exemplo:Uma pessoa liga para o seu companheiro e ele não atende o telefone. Pronto! Já pensa que ele está com outra. 

O que provoca ciúmes?

O pensamento, a  interpretação de que o relacionamento está ameaçado. Ou seja, ciúmes é quando a pessoa acredita que seu relacionamento foi abalado e corre risco de terminar. Ciúmes é como a pessoa “interpreta” a situação não necessariamente o que de fato acontece.

Ciúmes pode ser superado?

Na busca do atendimento psicoterapêutico a pessoa será acolhida e seus temores serão trabalhados. O psicólogo pode ajudar a entender o inicio deste processo e ajudar a superação.