Medo de mudar

Home / Artigos / Medo de mudar
Medo de mudar

 

Mudar pode assustar algumas pessoas. Sair do velho conhecido costuma significar sair da zona de conforto e isso pode desprender muita energia. Mudar pode exigir trabalho – mental e emocional.

O medo de mudar pode surgir da nossa imaginação, imaginar o quanto será difícil a adaptação a este novo emprego, namorado, bairro, estado civil, condição social, ou seja lá por qual mudança a pessoa esteja passando.

Por exemplo: Mudar de casa pode significar novas adaptações ao bairro, investigar onde fica o açougue, a padaria e quais caminhos serão necessários percorrer para ir ao trabalho, casa dos amigos, etc. Quando há perspectivas negativas quanto ao que pode ser encontrado, por exemplo, quando a pessoa imagina que o transito será mais congestionado neste bairro, que a padaria não oferecerá aquele doce maravilhoso com o qual se habituou, poderá ser o animo para este mudança não seja tão favorável. 

Mas será  um certo exercício mental não ajudaria? Por exemplo procurar os aspectos positivos, e reais, desta mudança. 

Imagino que pessoas resistentes à mudanças  possam limitar suas vidas, e possibilidades, por não se arriscarem ao desfrute da novidade por si só. Mas também acredito no equilíbrio, pois a pessoa desenvolve o sabor pela novidade pode tanto abrir o leque de novas vivências como pode arriscar-se em demasia em situações que trariam graves prejuízos. Creio que tudo deve ser desenvolvido com parcimônia.