Ninguém percebe que existo!

Home / Artigos / Ninguém percebe que existo!
Ninguém percebe que existo!

 

Algumas pessoas podem se sentir transparentes, invisíveis.

Será que alguém gostaria de passar pela vida sem que de vez em quando alguém diga como está bonito, ou que seu trabalho foi muito bem feito, ou que sua ideia se encaixou perfeitamente? Enfim, ter relacionamentos saudáveis significa receber algum feed back. Ser notado pode fazer parte de se sentir vivo.

Alguns passam até anos de suas vidas tendo contato apenas passageiros, ou seja, mantém algum relacionamento interpessoal apenas em situações corriqueiras como ao pedir o pão na padaria para o balconista, pagar o ônibus e o metro, e volta para casa ouvindo de outras pessoas apenas um “está aqui o seu troco”. Até mesmo com as pessoas da família as conversas podem não passar de “me dê o sal”.

Acredito que as pessoas tem necessidade de contato humano. Você já percebeu quando o garotinho do parquinho não consegue a atenção da garotinha e ele puxa o cabelo dela? Algumas pessoas podem ter reações parecidas, ou seja, buscam contato mesmo que de forma desajeitada.  

Claro que não puxam mais o cabelo de ninguém mas podem provocar de alguma forma, talvez até inconsciente, alguma reação mesmo que negativa. Elas arrumam algum assunto para reclamar, para criar uma indisposição, pois parece que esta é a única forma de conseguir que percebam que ela existe. São as pessoas que reclamam da comida que está boa, que pedem para o colega de trabalho que fale mais baixo quando na realidade não está incomodando tanto assim.

Muitos continuam em seus cantinhos, quietinhos. Não perturbam e não são perturbados. Desejam contato, mas sentem medo ao mesmo tempo, pois com a falta de prática não sabem como reagir às pessoas. Não sabem como retribuir um elogio, como pedir ou negar um favor como comentar o assunto do dia, muitas vezes nem sabem qual é o assunto do dia.

Pode ser interessante perguntar para si mesmo como chegou a esse ponto? Porque você se tornou invisível?

-Será que você é tímido demais e não consegue se enturmar?

-Será que você tem medo de ser visto realizando tarefas e atividades?

-Será que as pessoas que estão á sua volta não tem os mesmos interesses que você?

-Será que você está frequentando ambientes por obrigação e não tem o menor prazer com as pessoas deste lugar?

- Não gosta de ser avaliado e julgado e sente que é isso que as pessoas fazem?

Acredito ser muito interessante começar a se dar o direito de ocupar lugar no mundo, trabalhara timidez e começar a colocar suas opiniões. 

Comece identificando quais são seus gostos e opiniões. Converse com você mesmo. Faça de conta que está conversando com um colega e diga o que pensa sobre Fluminense, do Barack Obama, qualquer coisa. Sinta seu tom de voz, postura, e argumentos válidos.  Não pense que a vida é feita só de grandes e profundos assuntos.

 

Se precisar de ajuda individualmente, conte com seu psicólogo.